OS ME­LHO­RES RES­TAU­RAN­TES E BARES DO RN

DOM VI­NI­CIUS
UM RES­TAU­RAN­TE E BAR GOS­TO­SO

RESTAURATEUR CARLOS SERGIO E O COLUNISTA

RESTAURATEUR CARLOS SERGIO E O COLUNISTA

SEMPRE UMA NOVIDADE
CAR­LOS SER­GIO MOU­RA sem­pre ino­va em ­seus ba­res e res­tau­ran­tes. O Cer­van­tes ser­ve chur­ras­cos di­fe­ren­tes e gos­to­sís­si­mos, com mo­lhos es­pe­ciais, cria­dos com ex­clu­si­vi­da­de pe­la es­pe­cia­lis­ta ADRIA­NA LU­CE­NA. Ti­ro na tes­ta! Su­ces­so e re­fe­rên­cia até ho­je, de on­de se co­me e se be­be bem. ­Quem no ra­mo ou­sa­ria ­abrir na mes­ma rua, em fren­te ao seu pró­prio es­ta­be­le­ci­men­to, um no­vo bar e res­tau­ran­te? So­men­te o CAR­LOS MOU­RA com o seu fee­ling in­fa­lí­vel.

O DOM VINÍCIUS

­Pois na R. An­ge­lo Va­re­la, Bair­ro do Ti­rol, Na­tal/RN, pa­ra­le­la ao Clu­be ­AABB, CAR­LOS inau­gu­rou o DOM VI­NÍ­CIUS, jun­ta­men­te com LU­CIA­NA BE­ZER­RA. Ele­ge­ram o es­ti­lo BO­TE­CO, tão em vo­ga na ci­da­de, com uma pro­gra­ma­ção mu­si­cal pas­sean­do da BOS­SA NO­VA a MPB. A be­bi­da es­co­lhi­da foi a CER­VE­JA, on­de ofe­re­ce vá­rios ró­tu­los, in­clu­si­ve im­por­ta­das, sem­pre ge­la­da no pon­ti­nho ­ideal. Tem, tam­bém, ho­nes­tos des­ti­la­dos pa­ra ­quem é apre­cia­dor.

O MENU
Aí vem o ca­pri­cho. Tem uma Pi­ca­nha ini­gua­la­vel­men­te bem pre­pa­ra­da e com aque­le se­gre­do do tem­pe­ro es­pe­ta­cu­lar. Se­gue vá­rios ti­pos de pe­tis­cos, sen­do a maio­ria gre­lha­dos e na tra­di­ção de mo­lhos úni­cos e sa­bo­ro­sís­si­mos. Pa­ra ba­lan­çar o co­re­to é ser­vi­do RI­SOT­TOS, re­cei­tas es­pe­ciais da ca­sa, que ­quem co­me re­pe­te e se tor­na clien­te per­ma­nen­te. Em ter­mos de pei­xes, es­no­bou de mes­mo. Pe­ça ME­CA GRE­LHA­DO C/ AL­CA­PAR­RAS E CO­GU­ME­LOS. É um pra­to di­vi­no, dig­no de qual­quer top res­tau­ran­te gour­met. Is­to sem dei­xar de la­do a Lu­la a Do­ré e Os­tras na­tu­rais. In­di­ca­mos, tam­bém, só pa­ra di­zer al­go inu­si­ta­do, as CO­DOR­NAS.  Bem, o car­dá­pio é gran­de, va­ria­do e per­fei­to. Pos­si­vel­men­te, pou­cos res­tau­ran­tes de Na­tal têm al­go ­igual.

FUNCIONAMENTO
O DOM VI­NI­CIUS ­abre de se­gun­da a sex­ta, das 18hs até às 2hs da ma­nhã. Sá­ba­do fun­cio­na das 13hs às 2hs tam­bém. O pro­je­to, mui­to bem bo­la­do, é do ar­qui­te­to Ha­rol­do Ma­ra­nhão e a de­co­ra­ção, de mui­to bom gos­to, é de Lu­cia­na, que tam­bém é só­cia. Aten­di­men­to mui­to bom, sem­pre su­per­vi­sio­na­do por um dos res­tau­ra­teurs, com es­ta­cio­na­men­to fá­cil e se­gu­ro. Re­ce­be to­dos os car­tões e che­que es­pe­ciais. É pon­to obri­ga­tó­rio de gen­te de bom gos­to e bo­ni­tas que cur­tem a noi­te.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: