FAST FOOD

ELO­GIOS ME­RE­CI­DOS: Es­ta co­lu­na não é de elo­giar ­quem não te­nha ­seus ­reais mé­ri­tos. Ho­je ren­de­mos ho­me­na­gens ao Far­ma­cêu­ti­co JOR­GE AN­TU­NES DE OLI­VEI­RA, ­atual Se­cre­tá­rio da Saú­de do Es­ta­do do RN. Is­to por­que li uma no­ta na im­pren­sa di­zen­do que ele era um des­co­nhe­ci­do no Es­ta­do. Me­ro en­ga­no.!­Quem mi­li­ta na im­pren­sa sa­be que o DR. GEOR­GE foi uma fe­liz es­co­lha da Gov. Vil­ma. Eis os ser­vi­ços que já pres­tou ao Es­ta­do. Ve­jam:A UNI­CAT O Ór­gão ­mais po­de­ro­so da Sec. de Saú­de é ­quem com­pra e dis­tri­bui re­mé­dios pa­ra to­das as uni­da­des Hos­pi­ta­la­res, Pos­tos de Saú­de e Far­má­cia Po­pu­lar do RN, ­além de en­tre­gar, gra­tui­ta­men­te, re­mé­dios a ­mais de 25 mil pes­soas ne­ces­si­ta­das. Era o ­maior an­tro de cor­rup­ção e em­pre­guis­mo do Es­ta­do, em épo­cas pas­sa­das. Con­vo­ca­do pa­ra di­ri­gi-lo, o DR. GEOR­GE ar­ru­mou to­da a ca­sa, aca­bou com to­da ban­da­lhei­ra e ain­da ­mais deu con­for­to e ra­pi­dez aos pa­cien­tes que lá che­ga­vam, men­sal­men­te, pa­ra re­ce­ber ­seus me­di­ca­men­tos e, no fi­nal de ho­ras e ­mais ho­ras, nu­nha lon­gas fi­las, lhe di­ziam que es­ta­va em fal­ta o me­di­ca­men­to. Ho­je é um mo­de­lo, até co­pia­do pe­los ou­tros Es­ta­dos. E não se ou­ve ­mais fa­lar em cor­rup­ção. Só is­to lhe ga­ba­ri­ta pa­ra qual­quer fun­ção no RN.
A SE­CRE­TA­RIA DE SAÚ­DE –  A sua es­co­lha pa­ra SE­CRE­TÁ­RIO DE SAÚ­DE DO RN é uma dá­di­va pa­ra a ad­mi­nis­tra­ção Es­ta­dual. To­dos ve­rão que em bem pou­co tem­po ele se­rá re­co­nhe­ci­do co­mo o me­lhor Se­cre­tá­rio de Saú­de dos úl­ti­mos Go­ver­no. E ­mais: dei­xou na UNI­CAT uma pro­fis­sio­nal sé­ria, a Dra. MA­RIA JO­SÉ, que se­gue a sua mes­ma li­nha de re­ti­dão e ho­nes­ti­da­de, que é só o que os po­ti­gua­res pe­dem de­quem exer­ces  fun­ções pú­bli­cas.

ER­VA DO­CE VOL­TOU – O ER­VA DO­CE,
res­tau­ran­te da gran­de cu­si­nié­re BEA­TRIZ, ca­rio­ca mas­ter na cu­li­ná­ria de bo­te­quim, que fun­cio­na­va com um êxi­to ex­traor­di­ná­rio em Pon­ta Ne­gra,  ti­nha fe­cha­do. BEA­TRIZ de­cla­rou que se sen­tia can­sa­da com qua­se 25 ­anos no ra­mo. Mas, ago­ra mu­dou tu­do.  AN­TÔ­NIO B. SOU­SA de­ci­diu ­abri-lo. Fi­cou com to­da a equi­pe de BEA­TRIZ e já co­me­çou a dar o seu ­show. Os clien­tes que já vol­ta­ra­min­for­ma­ram a co­lu­na que tu­do es­tá fun­cio­nan­do , com o mes­mo me­nu e den­tro da li­nha tra­di­cio­nal de bo­te­co ca­rio­ca. A fei­joa­da dos sá­ba­dos de lá, era di­vi­da. Lem­bra­mos: o ER­VA DO­CE fi­ca na Av. Es­tre­la do Mar, 2239, iní­cio da Ro­ta do Sol. ­Abre das 10 às 23hs. Tel.321972.

DIA MUN­DIAL DO MA­CAR­RÃO –  O Cen­tro de Cul­tu­ra Ita­lia­na Ma­dri­lin­gua, Pon­ta Ne­gra,  pro­mo­ve to­dos os ­anos o DIA MUN­DIAL DO MA­CAR­RÃO, que se co­me­mo­ra ho­je. A Pro­mo­ção irá ate ama­nhã: na Pro­mo­ção des­te ano par­ti­ci­pam: os Res­tau­ran­tes BA­SI­LI­CO´S, CA­MIL­LA, DA RO­BER­TO, MA­RE­NOS­TRUM do HO­TEL ­SERHS NA­TAL,  MA­NARY Ho­tel e TI­BE­RIO. Por um pre­ço de 25 ­reais p/pes­soa, po­de-se de­gus­tar um pra­to com ­três ti­pos de mas­sas e ­três mo­lhos.

PAEL­LA – O De­sem­bar­ga­dor Fe­de­ral Mar­ce­lo Na­var­ro, in­te­gran­te do Tri­biu­nal R. Fe­de­ral, foi co­mo con­vi­da­do par­ti­ci­par do se­mi­ná­rio “No­vas Ten­dên­cias no Di­rei­to Am­bien­tal Eu­ro­peu”, on­de pro­fe­riu pa­les­tra de for­ma bri­lhan­te e elo­gia­dis­si­ma.Apro­vei­tan­do a via­gem, es­te­ve na  ci­da­de me­di­ter­râ­nea de Ali­can­te, da Co­mu­ni­da­de de Va­len­cia, tam­bém co­nhe­ci­da co­mo ter­ra da pael­la. Co­mo ­chef ama­teaur e gran­de gour­met, re­sol­veu por em prá­ti­ca o apri­mo­ra­men­to de Ali­can­te.Pa­ra is­to  con­vi­dou al­guns ami­gos, pe­tit co­mi­té, on­tem a tar­de, em seu apar­ta­men­to em ­Areia Pre­ta, e brin­dou-os com es­ta be­la Pael­la da fo­to.Pre­sen­tes: Ar­nal­do Gas­par Jr, Ro­gé­rio Al­mei­da, Mar­co Gur­gel, Des. Jo­sé Ro­cha, Fer­nan­do Re­sen­de/Te­re­za e Ariad­na,es­ta úl­ti­ma re­ce­ben­do sem­pre com seu  es­me­ro pe­cu­liar.Es­ta igua­ria es­pa­nho­la, pre­pa­ra­da por MAR­CE­LO,  es­ta­va “dos deu­ses”, afir­ma­ção de to­dos que ti­ve­ram es­te po­ri­vi­le­gio. É real­men­te um ca­peão,Mar­ce­lo.

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: