Con­ver­sa de Res­tau­ran­te

– A VER­DA­DE DO ENCON­TRO VILMA- IBERÊ – GARI­BAL­DI- HEN­RI­QUE
– HIS­TÓ­RIA SECRE­TA DA ESCO­LHA DA LISTA PARA DESEM­BAR­GA­DOR DO TRI­BU­NAL DO TRA­BA­LHO DO RN

Numa mesa, duas AUTO­RI­DA­DES fala­vam: amigo eis o resu­mo ver­da­dei­ro do encon­tro de Vilma e Iberê, ambos do PSB, com Garibaldi e Henrique, do PMDB. Vilma foi logo ao assun­to prin­ci­pal: o Nosso acor­do, GARI­BAL­DI, está man­ti­do ou não para 2010? GARI­BAL­DI, com sua calma celes­tial, res­pon­deu: VILMA, o nosso acor­do foi FAC­TUAL. Para 2010 temos de repen­sar. VILMA: eu pro­po­nho a vocês par­ti­ci­pa­rem do meu Governo com 05 Secretarias. Em 2010, vocês ­apóiam IBERÊ para Governador, pois eu con­ven­ce­rei ROBIN­SON para Vice, e IBERÊ per­ma­ne­ce­rá no Governo e os seus colé­gios elei­to­rais ele dire­cio­na­rá para a can­di­da­tu­ra de Henrique para Deputado Federal. E para Senadores a chapa será eu e você Garibaldi. HEN­RI­QUE falou logo que era uma ótima pro­pos­ta. GARI­BAL­DI retru­cou, VILMA 2010 será deci­di­do no seu devi­do tempo. IBERÊ então disse: bem então vamos dei­xar este assun­to para con­ver­sar­mos daqui a dois meses. Só uma coisa é impor­tan­te, é que se man­te­nha abso­lu­to segre­do do que con­ver­sa­mos aqui. ira con­ver­sa. O resto é prá boi dor­mir e muito.

HIS­TO­RIA SECRE­TA DA LISTA DO TRI­BU­NAL DO TRA­BA­LHO

Restaurante  GALI­LEU: Companheiros, só por este termo eu ava­liei logo que só pode­ria ser gente do PT. Eram umas 04 pes­soas. “Bem ami­gos, disse um: o nosso plano teve êxito total na esco­lha do nosso can­di­da­to na lista para Desembargador do TRT, do nosso gran­de JOSÉ REGO. Saiu em ter­cei­ro, como pla­ne­ja­do, mas isso não é empe­ci­lho a nada. O impor­tan­te era a quei­ma­ção do nome do advo­ga­do EDUAR­DO ROCHA.
COMO CON­SE­GUI­MOS
Houve, com­pa­nhei­ros, até uma con­ver­si­nha antes da ses­são do Tribunal, por­que os três desem­bar­ga­do­res que se com­pro­me­te­ram em votar em EDUAR­DO pedi­ram a Desembargadora PER­PÉ­TUA para rea­fir­mar se vota­ria nele e para qual posi­ção, 1º, 2º ou 3º da lista. Para sur­pre­sa dos cole­gas, ela disse que ainda esta­va inde­ci­sa quan­to ao seu voto. Daí des­ba­ra­tou os 04 votos para EDUAR­DO”. Continuou: Na hora da vota­ção, na qual eu esti­ve pre­sen­te, EU esta­va intran­qüi­lo, mas quan­do Dra. Perpétua votou para 1º da lista em Antonio Lopes e para 2º em Dr. Eider Filho, vi que esta­va tudo como a musa canta. Um dos pre­sen­tes disse: real­men­te foi uma bomba, pois foi a Desembargadora Perpétua Wanderley que der­ro­tou EDUAR­DO ROCHA.vejam os deta­lhes:Logo PER­PE­TUA que morou na casa do pai de EDUAR­DO, Des. apo­sen­ta­do José Rocha;que  pas­sou parte da vida tra­ba­lhan­do no escri­tó­rio de Advocacia de José Rocha, e mais ainda, só foi Desembargadora pela força que José Rocha,que a fez Desembargadora , pre­te­rin­do, inclu­si­ve, a Des. Maria de Lurdes, que, por incrí­vel que pare­ça, votou em Eduardo, num gesto admi­rá­vel. E mais grave ainda,Dra. Perpétua já tinha sido infor­ma­da que no empa­te, EDUAR­DO, como mais moço, per­de­ria. E no 3º lugar, havia ­sérios com­pro­mis­sos dos ­outros. INTE­LI­GEN­TE­MEN­TE – mas filho é filho.Aí, ela, muito inte­li­gen­te­men­te, votou em Eduardo. Foi show de mesmo! O falan­te da mesa, con­ti­nuou sua nar­ra­ti­va: Vocês sabem que, há pou­cos dias, o filho da Desembargadora Perpétua, o bacha­rel Aderbal Atílio Wanderlei de Castro, foi nomea­do para o cargo de Sub-coor­de­na­dor de Recursos Humanos da Defensoria Pública do Estado do RN. Olhem aqui uma cópia da nomea­ção que tirei do site do Governo do Estado, http://www.gabi­ne­te­ci­vil.rn.gov.br/acess/gac_car­gos­de­fen­so­ria.asp. Na ver­da­de, o que se comen­ta a boca peque­na é que se trata de mais  um caso de nepo­tis­mo cru­za­do entre o Executivo e o Judiciário. O outro inter­lo­cu­tor, inda­gou:
POR QUE NEPO­TIS­MO CRU­ZA­DO? Ora, Companheiros, nesta sema­na, a impren­sa poti­guar publi­cou ampla­men­te que o TCU man­dou exo­ne­rar o namo­ra­do da Governadora, ADVO­GA­DO José Mauricio, do cargo que ocu­pa­va, pois achou que a nomea­ção dele para Assessor da Presidência do TRT e de um filho da Presidente à época, Dra. Maria de Lourdes, para um cargo no Governo, foi Nepotismo cru­za­do duplo. E daí? Questionou outra pes­soa: Ora, daí é que o MP Federal esta­ria ana­li­san­do agora a nomea­ção do filho da Desembargadora Perpétua, con­si­de­ran­do que ela ocupa um dos maio­res car­gos na hie­rar­quia do Poder Judiciário Federal no Estado e seu filho foi nomea­do para um cargo comis­sio­na­do no Poder Executivo. Será que tem algu­ma cor­re­la­ção com a vota­ção no TRT? Não sei res­pon­der, mas quem vai dizer se há ou não nepo­tis­mo cru­za­do é o MPF. Mas, que é estra­nho, isso é. Silêncio geral.

OBS.: Na pró­xi­ma sema­na con­ta­re­mos toda a his­tó­ria, com todos os deta­lhes, do acor­do bilio­ná­rio que Vilma fir­mou com a Associação dos Auditores do RN. !!!!!!!!!!!!!!

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: