OS MELHO­RES RES­TAU­RAN­TES E BARES DO RN

 

– CHEF YANN CALDERON
 ORIENTAÇÃO PARA QUEM GOSTA DE COZINHAR EM CASA

CHEF YANN CALDERON

ORIENTAÇÃO PARA QUEM GOSTA DE COZINHAR EM CASA

CONSELHOS

Fi­ze­mos uma ampla pes­qui­sas pra trans­mni­tir para vocês, o que seria fun­da­men­teal para se co­zi­nhar bem em casa.Aí,en­con­trea­mos estas pre­cio­si­da­des do CHEF Fran­ces YAN CAL­DE­RON,que pi­lo­ta as ca­ça­ro­las em dois res­tau­ran­tes pau­lis­ta­nos, o Azait e o Paris 6.O que ire­mos in­for­mar, e que acha­mos pre­cio­so,podem  cha­mar de se­gre­dos do BOLSO DO AVEN­TAL,In­for­ma e dar so­lu­ções,prin­ci­pal­men­te nas emer­gên­cias.

NÃO ERRA O PONTO DA CARNE

Par não errar o ponto,  pre­pa­ra­re a carne, no caso de gre­lha­dos, como o filé mig­non, na hora de ser­vir. Outro tru­que é aper­tar le­ve­men­te a su­per­fí­cie da carne para ve­ri­fi­car o ponto. Se ela es­ti­ver bem macia, está mal-pas­sa­da. Se es­ti­ver mais firme, está ao ponto. Outra coisa im­por­tan­te: você deve usar uma co­lher ou uma pinça para virar a carne na pa­ne­la e nunca um garfo. Se você fura a carne, os sucos se per­dem e, con­se­qüen­te­men­te, todo o sabor.

E­XA­GE­RAR NO SAL

É di­fí­cil sal­var um prato que você sal­gou de­mais. Se for muito, de­sis­ta e co­me­ce de novo. Mas se es­ti­ver só um pouco sal­ga­do, um molho, por exem­plo, você pode usar o tru­que de co­lo­car uma ba­ta­ta para “puxar” o sal em ex­ces­so. Uma regra fun­da­men­tal é dei­xar para sal­gar a re­cei­ta quan­do ela es­ti­ver quase pron­ta.  Na re­du­ção de mo­lhos, o teor de sal se con­cen­tra na­tu­ral­men­te. 

COMO SAL­VAR UMA SO­BRE­ME­SA

Pri­mei­ra coisa: unte bem a forma para evi­tar que isso acon­te­ça. Se acon­te­cer, você pode mudar a apre­sen­ta­ção do prato. Você pode en­fei­tar uma cas­qui­nha de torta que ficou que­bra­da com chan­tilly ou, então, ser­vir um pudim que não ficou bo­ni­to em taças in­di­vi­duais, lin­das e en­fei­ta­das com creme, calda, al­gu­mas fru­tas.

O QUE VOCÊ DEVE PRE­PA­RAR ANTES

Tudo o que é as­sa­do ou co­zi­do. Um en­so­pa­do de carne, uma fei­joa­da, uma la­sa­nha…. Você pode co­me­çar a pre­pa­rar bem antes ou, em al­guns casos, até na vés­pe­ra. Gre­lha­dos e mas­sas devem ser pre­pa­ra­dos na hora.

NUMA EMER­GÊN­CIA: PE­TIS­COS

Sem­pre tenha na dis­pen­sa umas tor­ra­di­nhas ou  bases de tor­ti­nhas pron­tas, e també, in­gre­dien­tes fá­ceis para criar pas­tas: atum, sar­di­nha, maio­ne­se, grão de bico em lata e con­di­men­tos.. Sem­pre dá para in­cre­men­tar uma pas­ti­nha sim­ples com bons con­di­men­tos, como pá­pri­ca ou tar­ri­ne – que você mis­tu­ra com o grão de bico e faz um homus de­li­cio­so em mi­nu­tos. 

UM PRATO SIM­PLES PARA O INES­PE­RA­DO

Massa, sem­pre. Acom­pa­nha­da de uma carne gre­lha­da e de al­guns le­gu­mes sal­tea­dos ou uma sa­la­da. E ser­vir com ca­pri­cho. Nunca levar pa­ne­las para a mesa, usar pra­tos di­fe­ren­tes para ser­vir, es­pa­lhar umas fo­lhi­nhas ou flor­zi­nhas sobre a toa­lha, entre os copos e os pra­tos. Dá um ar de ca­pri­cho. A co­mi­da pode ser sim­ples, mas o tom pre­ci­sa ser fes­ti­vo.

UM JAN­TAR DE ÚL­TI­MA HORA

Ja­mais tes­tar uma re­cei­ta nova no dia de um jan­tar de emer­gên­cia. A pro­ba­bi­li­da­de de ela dar er­ra­do é total. 

 

 

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: